Procure alguma coisa, mas não garanto que vá achar...

21 de fev de 2014

Repost: Minhas Aventuras Parte 3

Caros leitores,hoje tivemos mais jogo!Eu e o Igor nos encontramos de novo e rolamos uns d20's.

Na última sessão Akor e Mitsuo tinham chegado a vila natal deles,Akor descobriu que o mestre dele havia morrido,mas havia um substituto.
Como Mitsuo tinha um nível a menos que Akor(presente de um certo Wigth)ele partiu sozinho,deixando Akor na vila estudando magia.
O Anão contratou alguns mercenários e partiu para umas ruínas próximas(era uma torre em ruínas,e digamos que depois do que rolou algumas aventuras atrás dentro de uma certa torre,o anão contraiu uma aversão a torres).Mas com 5 buchas de canhão,digo mercenários,qualquer um se sente mais poderoso(até o primeiro combate!).

Para dar um pouco de motivação e background,estabeleci o seguinte:havia um culto do mal,cultuando o mal nas redondezas,e esses cultistas estavam escondidos em umas ruínas,Mitsuo iria lá chutar uns cultistas(não foi bem assim,como vocês vãos ver...)
Enfim,o bando foi avançando,e logo na primeira sala tivemos uma situação no minimo peculiar.
Havia uma poça(mágica),um dos mercenários ficou encarregado de beber de suas águas para descobrir se ela era mágica,e,se fosse,seus efeitos.O pobre coitado bebeu,e eu rolei um dado(hum...efeitos aleatórios),e ele mudou de sexo.
Inicialmente era um halfling mercenário,depois do gole virou uma halfling mercenária...Ele,digo ela,ficou desesperada(falhou num cheque de moral,p.s:eu nem rolei o teste)e bebeu de novo,para ver se o efeito era revertido,em vez disso sofreu uma mudança de alinhamento,bebeu de novo,não aconteceu nada,de novo...MORREU!
Pois é,assim se deu a primeira baixa!

Passado esse incidente,o resto do grupo avança,chegam em uma sala,repleta de caixotes e goblins,com uma mesa também.Temos um longo combate,com direito a caixas voando e mesas virando e toda essas maluquices tipicas da escola veia.

No final Mitsuo havia sido atingido,graças a uma falha terrível ele acabou embaixo de um monte de caixas.
Os mercenários fizeram um cheque de moral,a maioria falhou,mas alguns passaram e botaram os goblins restantes pra correr. Mas teve uma falha critica nessa hora. Quando o mercenário ia golpear,ele deixou a espada escorregar,ela bateu na parede e ricocheteou,por pouco não matou mais um hireling!
Tudo parecia estar muito bem,até que no momento em que Mitsuo se livrou das caixas,mais goblins chegaram,alguns deles subiram na mesa e se preparam prum massacre,contudo os heróis agiram primeiro(ganharam a iniciativa!malditos!).

Mitsuo virou a mesa e derrubou dois goblins,o outro se escondeu.O mercenário foi ver o que estava atrás da mesa,viu o goblin e avisou Mitsuo,o goblin ataca,Mitsuo revida e mata,mas antes de cair morto,o verdinho,vira a mesa sobre Mitsuo,ele toma dano,mas não morre.
Depois da batalha,XP!
Seguindo pela masmorra,nossos heróis acabam em outra sala cheia de caixas,e ratos!O combate foi muito fácil,mas um mercenários foi mordido por um rato infectado.E houve uma falha critica.Como sempre o Igor carregou seus personagens com frascos de óleo,e resolveu usa-los contra os ratos,mas tirou um 1 na hora de arremessar o frasco(foi crueldade minha exigir um teste pra isso).
O frasco não alcançou as caixas,mas o anão tacou fogo mesmo assim,incendiando toda a sala em questão de segundos,contudo na hora de cair fora a porta emperrou(sim,as vezes eu sou um mestre mal).

Eles acabaram se salvando,arrebentando a porta... Não,ninguém morreu. Claro,surgiu a ideia estupida de usar a corda escaladora para se safar dessa!Onde já se viu!Eu realmente não entendi...
Seguindo pela dungeon eles entraram em um outra sala,uma cela.A porta estava trancada,mas eles arrobaram.Acharam um esqueleto lá dentro,mas era um esqueleto comun e inanimado.Saindo da sala deram de cara com dois hobgoblins,durante o combate um dos mercenários,o que foi mordido pelo rato transmissor de doenças, falhou no cheque de moral e acabou perdido na masmorra.
Vencida a batalha,o Igor não quis que os mercenários restantes fizessem uma busca atrás do fujão...Em vez disso,seguiram em frente e acharam o tesouro dos goblins. Muito ouro,pedras preciosas e um pergaminho.

Agora,você deve estar achando que o valoroso anão voltou a vila,contratou mais mercenários,chamou se companheiro arcano e partiu em busca dos cultistas do mal?Se achou se enganou,ele se contentou com o ouro e partiu de volta.Personagens Neutros..Nisso que dá!Espero que o próximo personagem a entrar no grupo seja Ordeiro!Caótico não,NEM PENSAR!
Mas no caminho duas surpresas,primeiro,Igor parou de dizer que o mercenário restante e o anão estavam cutucando tudo com a vara,então eles não estavam cutucando,logo caíram num fosso.Saíram fácil,graças a corda,mas serviu de alerta.
Seguindo pelos corredores,segunda surpresa:geleia ocre!

Dessa vez,não sei como,Igor esqueceu dos frascos de óleo. Mitsuo atacou com tudo,acertou a geleia ocre em cheio e dividiu ela em quatro.O mercenário atacou com sua clava de madeira,e terminou só com um toquinho.
Só depois disso,Igor lembrou:óleo+fogo+gelecas/pudins/similares=XP!
Mas,adivinhe...FALHA CRITICA!
A tocha escorregou da mão dele,bateu na parede e apagou.Agora,a criatividade salvou,parte o tesouro goblins incluía uma adaga,de prata(o fato dela ser de prata não faz diferença agora) e Mitsuo raspou ela nas paredes,soltando faíscas que incendiaram o óleo que já tinha sido jogado.

A geleia ocre foi morta,mas havia uma parede de chamas no corredor.Haviam outros caminhos,mas demorou um pouco até que eles achassem o certo.Não houve nada emocionante,infelizmente,só exploração,caminhos errados,e etc.No final Mitsuo voltou para a vila.
E assim acabou a aventura de hoje.Na próxima vez que vou arranjar um gancho que "force-os" a ir chutar o traseiro dos cultistas do mal que,graças ao Mitsuo,continuam cultuando o mal perto da vila(preciso arranjar um nome para ela).
Bem,por hoje é só,até a próxima!

Nenhum comentário:

Postar um comentário